Orientação Vocacional Step by Step

Orientação Vocacional Step by Step


Um Orientação Vocacional não tem de ser um momento estanque, sem continuidade após a realização do Relatório Vocacional. O programa Step by Step está orientado para abordar, ao longo da frequência nos anos letivos do 9º e 12º anos, diversos temas que têm o objetivo de contribuir para a construção da sua tomada de consciência, nomeadamente:

9º ANO

  • Opção pela via de ensino ou curso profissional;
  • O que esperar das disciplinas que vai encontrar;
  • Que matéria vai ser dada na prática;
  • O futuro a curto e médio prazo;
  • Diminuir a intensidade dos medos e promover a autoconfiança;
  • Vocação versus rentabilidade financeira;
  • Valorização da identidade pessoal;
  • Importância de ser perseverante e resiliente;
  • Tomada de consciência do estilo preferencial de aprendizagem.

12º ANO

  • Descoberta da vocação;
  • Valorização da identidade pessoal;
  • Tomada de consciência do estilo preferencial de aprendizagem;
  • Que competências são necessárias atingir para alcançar o objetivo e manter o grau de satisfação com o mesmo;
  • Desenvolvimento de competências para gerir as frustrações e imprevistos;
  • Seguir os estudos Universitários ou outros;
  • Universidade ou Politécnico?
  • Carreiras e competências;
  • Preparar-se para saber SER;
  • Futuro a curto e médio prazo;
  • Conhecimento ampliado das profissões;
  • Importância de ser perseverante e resiliente;
  • Diminuir a intensidade dos medos e promover a autoconfiança;
  • Expectativas do mercado de trabalho atual;
  • Vocação versus rentabilidade financeira;
  • Saídas profissionais;
  • Flexibilidade;
  • Criatividade;
  • Soft skills (estilos de comunicação, capacidade para resolver conflitos, lidar com o stress e ajudar outros a fazê-lo, capacidade para escutar e trabalhar em grupo, recolher informação e usá-la devidamente e reconhecer potencialidades e fragilidades);
  • Tomada de consciência de talentos;
  • Reconhecer o potencial e valorizar as suas esperanças;
  • Trabalhar fontes de informação para ajudar a tomar decisões (jornais, revistas, rádio, publicidade, escritórios de uma especialidade, amigos com carreiras semelhantes, visitas de estudo, empresas e estágios).


2019 © Maria Pinto  //  Site desenvolvido por Luis Bernardo