Coaching Educativo

Coaching Educativo


A Escola atual precisa de implementar mudanças na sua metodologia de trabalho para que a Educação se possa tornar uma paixão, não só na vida dos Professores, mas também na vida dos alunos. A Escola é muito mais do que transmissão de conhecimentos e excelentes notas. Os Alunos e os Professores não vivem dissociados de emoções, e estas contribuem muito para o desenvolvimento da aprendizagem e para a descoberta da alegria em aprender.

Torna-se fundamental formar as novas gerações com competências emocionais que as capacitem para lidar com a incerteza e desenvolver flexibilidade suficiente para serem capazes de se adaptar à mudança. Além das competências académicas, pretende-se que adquiram boas habilidades emocionais e de trabalho em equipa, que saibam comunicar e que desenvolvam um pensamento crítico e criativo.

É importante fazer diferente, para colher resultados diferentes. Os modelos pré-fabricados de educação "de fora para dentro" revelam-se menos eficazes do que trabalhar e desenvolver a consciência "de dentro para fora". O que cuidamos dentro de nós fica para o resto da vida, já o que vem de fora, é superficial e temporário.

O Coaching Educativo dirige a sua atenção aos aspetos cognitivos e emocionais da aprendizagem dos alunos, como forma de desenvolver novas habilidades, capacidades criativas e de liderança. Surge como uma ferramenta que acompanha os docentes e gera um espaço seguro para que explorem abordagens valiosas na sua atividade. É o vínculo estabelecido entre os docentes e os alunos que vai marcar a diferença e o sucesso do Coaching Educativo.

Permite ajudar os alunos a construírem-se como pessoas. Procura-se contagiar a automotivação perante a aprendizagem, com a certeza de que a sabedoria não é conhecimento, mas sim, saber o que fazer com o que sabe. Procura-se contribuir para a gestão das experiências vividas, recordando as passadas, estimulando as futuras e tomando consciência de que a experiência não é ter vivido muito, mas sim, saber o que fazer com o que se viveu.

Aproveitam-se as experiências vividas pelo aluno, dentro e fora da escola, para que o aluno seja mais PESSOA, mais livre, mais independente, mais sábio, para que saiba autogerir-se de forma congruente e esteja aberto ao crescimento pessoal. O professor ajuda o aluno a utilizar a inteligência, a distinguir o que é importante e o que é urgente, acompanha-o na aprendizagem de novas soluções perante situações difíceis ou inesperadas. Há um ensinamento ao aluno de que não há verdadeiros fracassos, mas sim lições aprendidas. É assim, pensar com eles e não por eles.  

O Coaching Educativo acompanha o papel dos diretores e professores das Escola a potenciar o seu próprio crescimento, a gerar pensamento e desenvolvimento pessoal na sua equipa e nos grupos com quem trabalha.

O Coaching Educativo permite, nomeadamente:

  • Melhoria do plano cognitivo;
  • Melhoria na gestão das emoções;
  • Desenvolvimento de novas habilidades;
  • Estimulação das capacidades criativas e de liderança dos alunos;
  • Vinculação de qualidade entre Escola / Alunos / Família;
  • Promoção do papel do aluno como parte ativa no seu processo educativo;
  • Promoção do encontro de soluções criativas para a resolução dos problemas;
  • Aprendizagem através da experiência;
  • Desenvolvimento de valores, regras e visão escolar;
  • Melhoria da comunicação;
  • Desenvolvimento da paixão pela aprendizagem;
  • Definição de metas individuais e grupais;
  • Trabalhar o "aqui e agora";
  • Trabalhar eficazmente em equipa;
  • Desenvolver a empatia e a escuta ativa.


2019 © Maria Pinto  //  Site desenvolvido por Luis Bernardo